Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Bom Filho

Bom Filho

29 de Março, 2021

Diferença entre surto, epidemia e pandemia

29.º episódio de «Perspectivas em saúde», na Sinal TV [visitar]

Veja este artigo em vídeo:

Ou leia o texto:

Olá!

A Covid-19 é uma pandemia. Foi assim declarada pela Organização Mundial da Saúde no dia 11 de Março [ver fonte].

Mas, de vez em quando, fala-se de surtoeembora menos, de epidemia. Portanto, para que não haja dúvidas, vamos hoje explicar quando é que se pode considerar que estamos perante um surto, uma epidemia e uma pandemia e, se o que está acontecer é uma pandemia, como podemos dizer que estamos perante um surto da mesma pandemiaE, já agora, vamos falar de endemia, porque é aí que tudo começa.

As doenças existem. Nós gostaríamos de que assim não fosse, mas a verdade é que, onde há populações humanas, há doenças, em maior ou menor quantidade. O número de casos duma determinada doença que existe habitualmente numa dada população ou comunidade é o nível endémico dessa doença.

Na ausência de qualquer intervenção capaz de reduzir a quantidade de doentes — intervenção essa que pode ser a melhoria das condições de higiene, a vacinação, a quarentena, o tratamento com antibióticos, etc. —, se não houver qualquer acção para combater a doença e se a doença não atingir a população toda, ou não conferir imunidade permanente, a doença pode continuar a existir neste nível endémico indefinidamente. Portanto, sabemos que, mês após mês, ano após ano, haverá um certo número de casos daquela doença naquela população.

Isto traz-nos ao conceito de epidemia. Se o número de casos duma dada doença, numa dada população ou comunidade, subir acima desse nível esperado, endémico, estamos perante uma epidemiaEsse aumento de casos é frequentemente súbito.

Surto é mais ou menos o mesmo que epidemia, mas diz geralmente respeito a uma área ou situação mais limitada. Por isso se fala de surtos de Covid-19 em lares, ou eescolas, ou numa fábrica, por exemplo. Quando falamos em população, em termos de saúde pública, podemos defini-la nos termos que fizerem sentido para o objectivo do nosso trabalho. População tanto pode ser a população portuguesa, como a população que trabalha na empresa tal, ou a população de crianças que frequenta a escola xis. Portanto, se pensarmos em população nesse sentido, embora haja uma pandemia na população mundial, não havia Covid-19 na população do lar tal e, de repente, houve lá um surto — um aumento do número de casos acima do esperado, que era zero, até então. Da mesma forma, podemos falar de surtos familiares — um aumento de casos numa dada família.

Resta-nos a definição de pandemia, que é a mais fácil: é uma epidemia à escala mundial. Para ser declarada a uma pandemia, uma epidemia tem de afectar múltiplos países e continentes, bem como um elevado número de pessoas.

Geralmente, quando se fala de epidemias, pensa-se automaticamente em doenças infecciosas, mas a verdade é que as doenças não transmissíveis, tais como a diabetes e a obesidade, podem apresentar um comportamento semelhante, podendo até ser contagiosas — não porque haja um vírus da obesidade, por exemplo, mas porque há comportamentos indutores de obesidade, que tendem a ser copiados por pessoas próximas.

Gostaste? Partilha e deixa quem gostas gostar também!