Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Bom Filho

Bom Filho

09 de Abril, 2021

Que sequelas deixa a Covid-19?

40.º episódio de «Perspectivas em saúde», na Sinal TV [visitar]

Veja este artigo em vídeo:

Ou leia o texto:

Olá!

Que sequelas pode deixar a Covid-19?

Uma sequela é uma lesão, ou uma alteração do funcionamento dum órgão, que permanece em resultado duma doença, após o doente ter recuperado.

Dado que a Covid-19 ainda leva pouco mais dum ano entre nós, saber que sequelas pode deixar nas pessoas que estiveram doentes é ainda prematuro. Mas vamos falar do que já se sabe, ou se suspeita, nesta altura do campeonato.

Os efeitos a longo prazo (ou seja, que podem surgir ou perdurar meses após a doença) mais frequentes são fadiga, falta de ar, tosse, dores articulares e dores no peito [ver fonte].

Para além destes, podem também ocorrer, embora com menos frequência, dificuldades de raciocínio ou concentração, depressão, dores musculares, dores de cabeça, febre intermitente e palpitações (o coração a bater muito) [ver fonte].

Depois, há situações mais graves, que têm sido identificadas, mas parecem ser muito raras. São elas inflamação do músculo cardíaco, alterações do funcionamento dos pulmões, lesões dos rins, manchas vermelhas na pele e perda de cabelo, alterações do olfacto e do paladar, problemas a dormir, diminuição da memória, ansiedade e alterações do humor [ver fonte].

É de notar que estas sequelas podem permanecer mesmo nos casos de doença moderada [ver fonte] e são mais frequentes em pessoas hipertensas, obesas ou com doença mental [ver fonte].

Quanto tempo podem durar estas complicações? Não sabemos. Mas sabemos que este coronavírus se chama SARS-CoV-2, porque já existiu um SARS-CoV-1; e sabemos que as pessoas que tiveram a doença causada pelo SARS-CoV-1, em 2003, mantinham alterações do funcionamento dos pulmões e capacidade para fazer exercício durante, pelo menos, dois anos [ver fonte]; e quase metade ainda se queixava de fadiga crónica quatro anos depois. Se o SARS-CoV-2 for pelo mesmo caminho do 1, então ainda haverá algumas pessoas com sequelas de Covid-19 em 2025.

Gostaste? Partilha e deixa quem gostas gostar também!